Notícias:
Governo do Rio inaugura Hospital em Nova Iguaçu para tratar Covid-19 na Baixada Fluminense

NOVA IGUAÇU – O governador em exercício Cláudio Castro inaugurou, na manhã deste último sábado (3), o Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz – HERC, na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A unidade conta com 60 leitos de UTI e 90 de enfermaria, e vai ampliar ainda mais o atendimento a pacientes com Covid-19 em todo o Estado.  

Foto: Governo do Estado do Rio de Janeiro – Divulgação

“Os primeiros pacientes devem chegar entre a noite de hoje e amanhã. Em pouco mais de dez dias, abrimos 547 novos leitos. É fruto de trabalho, parceria e articulação. No início de março, anunciei que a abertura seria dia 15 de abril. No entanto, antecipamos para ampliar o atendimento nesse momento de aumento do número de casos de Covid-19. Outros leitos serão abertos nos próximos dias”, afirmou Cláudio Castro.

O hospital funcionará, inicialmente, para o tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19. Portanto, não terá atendimento de emergência. O acesso acontecerá por meio da Central Estadual de Regulação – CER de forma gradativa, atendendo a critérios técnicos.

Com capacidade para atendimentos de média e alta complexidades, a  unidade hospitalar tem 11.592,44 m2 e estrutura similar aos hospitais de grande porte do estado do Rio. São três módulos ambulatoriais e um administrativo, permitindo abertura de até 300 leitos. A unidade conta ainda com refeitório, laboratório de análises clínicas, centro de imagem, necrotério, estação de tratamento de esgoto, central de gases medicinais e subestação de energia. Há ainda um sistema de filtragem de água para hemodiálise.

Ao todo, serão cerca de 500 profissionais trabalhando na nova unidade da rede estadual, entre médicos, enfermeiros, maqueiros, administrativos e auxiliares, entre outros.

Foto: Governo do Estado do Rio de Janeiro – Divulgação

Dr. Ricardo Cruz

A unidade recebeu o nome em homenagem ao médico, que morreu em 2020, vítima da Covid-19, aos 66 anos. Ricardo Cruz foi um dos mais brilhantes cirurgiões do país na especialidade crânio-maxilo-facial e ficou conhecido não somente pela capacidade técnica, mas também pela compaixão que dedicava a todos os seus pacientes na sua prática diária.

– Recebemos a notícia com muita emoção porque é um reconhecimento enorme você dar o seu nome a um hospital, ainda mais uma unidade enorme como essa. O Ricardo foi alguém que viveu para a medicina desde dos seus 17 anos e ficaria muito feliz de saber que uma unidade na Baixada levará o nome dele, principalmente dedicada ao combate da Covid – disse Denise Cruz, viúva do médico, que compareceu à abertura da unidade acompanhada de um de seus filhos, André.

Abertura de leitos

Desde a semana passada, em articulação com o Ministério da Saúde (MS), a SES abriu 547 leitos para atender pacientes com Covid-19.

Vacinação

Até o momento, a SES recebeu do Ministério da Saúde (MS) 4.396.120 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 3.870.520 da CoronaVac e 525.600 mil da Oxford/AstraZeneca. Até sexta-feira (02.04), foram distribuídas 4.374.120 doses dos imunizantes.

Com informações do Governo do Estado do Rio de Janeiro

%d blogueiros gostam disto: