Notícias:
Cláudio Castro realiza evento em Itaipava para celebrar aniversário contrariando seu próprio decreto

PETRÓPÓLIS E RIO – Neste último domingo (28), o governador em exercício, Cláudio Castro, realizou um evento para celebrar o seu aniversário de 42 anos, que completa nesta segunda-feira (29), e uma casa localizada no bairro de Itaipava, considerada área nobre de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. De acordo com a TV Globo, um funcionário, que seguia na organização do evento informou que os convidado do governador estavam alcoolizados e não se importavam com a festa considera irregular. Ao menos 12 carros de alto padrão foram vistos estacionados na frente da casa.

Vista do bairro de Itaipava em Petrópolis – Foto: Divulgação

A festa do governador em exercício, desrespeitou o decreto estadual e ainda desobedeceu ao decreto municipal de Petrópolis, que proíbe aglomerações e a realização de festas de aniversário, mesmo em ambientes privados, durante a pausa emergencial, que vai até domingo (4).

Na sexta-feira (26), o governador em exercício pediu para que os moradores do Rio de Janeiro evitassem aglomerações. “Não é hora de fazer festa, tem muita gente morrendo, muita gente na fila de hospital, esse é um feriado para ficarmos em casa, evite aglomeração”, disse ele horas antes de viajar para a região serrana com a família.

A festa de Cláudio Castro aconteceu no mesmo dia em que o estado bateu um novo recorde no número de pessoas na fila de espera por um leito de UTI para covid-19. Até o domingo (28), 710 pacientes aguardavam uma vaga de tratamento intensivo na rede pública. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde. O número tem crescido diariamente: eram 634 pessoas na fila na sexta-feira, e 678 no sábado. A média de espera da solicitação até a reserva em vaga de UTI está em 20h. Ao todo, 118 pessoas em leito de UTI adulto, uma taxa de ocupação em 92,4%. Em relação aos leitos de enfermaria, há 105 pessoas ocupando e outras 279 na fila, uma taxa de ocupação de 78,9%.

Em nota, Castro alegou que o evento em questão foi um almoço restrito aos familiares e não houve aglomeração. O governador em exercício também afirmou que quatro dos 12 veículos na porta do evento faziam parte da sua segurança pessoal.

A Prefeitura de Petrópolis ainda não se pronunciou sobre o evento promovido por Cláudio Castro. 

Com informações da Tv Globo e Redes Sociais

%d blogueiros gostam disto: