Notícias:
Agentes da DHBF realizam novas buscas pelos três meninos desaparecidos em Belford Roxo

BELFORD ROXO – Após um intenso protesto na manhã desta terça-feira (12), quando moradores acabaram incendiado um ônibus da Viação Vera Cruz, os agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense – DHBF, realizaram novas buscas em dois endereços de Belford Roxo, ambos no bairro de Santa Amélia, em duas casas ligadas a um suspeito de ligação com o crime do desaparecimento dos meninos Lucas Matheus, 8, Alexandre da Silva, 10, e Fernando Henrique, 11.

Da esquerda para a direita: Alexandre, Lucas e Fernando – Reprodução

Chegando no primeiro endereço, os agentes da Polícia Civil, não localizaram nada. Saindo do local, os investigadores fizeram escavações no segundo endereço, porém, nada foi localizado.

Um homem que não teve a sua identidade revelada, acabou sendo agredido e torturado por criminosos da favela do Castelar, e apontado por moradores como suspeito de sumir com as crianças da região, informou aos investigadores da Polícia Civil que não tem nada haver o desaparecimento das crianças.

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, informou que o homem não possui nenhum envolvimento com o desaparecimento dos meninos de Belford Roxo, porém, nas redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativos, as fotos da tortura do homem seguem sendo compartilhadas.

O smartphone do suspeito acabou sendo apreendido e a Polícia Civil que fará uma perícia no conteúdo do aparelho. A DHBF pede cautela com as informações que circulam em redes sociais sobre o episódio.

Com informações da Record RV, O Dia, e Polícia Civil do Rio de Janeiro

%d blogueiros gostam disto: