Notícias:
Tecnologia: Solução de empresas deve  driblar possível interferência do 5G na TV parabólica

BRASÍLIA – O Governo Federal luta contra o tempo para a implantação do Sistema 5G, que promete revolucionar o serviço de telecomunicações no Brasil, porém, além da enorme polêmica envolvendo a Huawei, empresa chinesa, que já possui participação na implantação do 4G no país, fontes do Ministério das Comunicações, temem a interferência da nova tecnologia 5G, nas antenas parabólicas.

Foto: Divulgação

As empresas de telefonia móvel, apresentaram nesta segunda-feira (11), uma solução híbrida para resolver o problema. De acordo com o projeto apresentado, a ideia é fazer em duas etapas, a começar pela mitigação das interferências com uso de filtros e posteriormente migrar a TVRO residencial para a banda Ku.

Ainda segundo o documento apresentado, essa implantação só ocorrerá, após a instalação do sistema 5G. Vale lembrar que essa proposta já foi encaminhada ao Ministério das Comunicações, Economia e na Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel.

As operadoras Claro, Tim e Vivo, seguem acompanhando de perto o projeto, já que pretendem atuar no Brasil com a nova tecnologia 5G.

O assunto é bastante complexo, já que a parte operacional pode acabar custando o atraso de dois anos para que o 5G possa ser comercializado. Como a nova proposta visa atender exclusivamente os clientes e as empresas de telefona, a ideia agora é agilizar o quanto antes, a implantação do 5G, com o leilão das bandas da nova tecnologia.

Com informações de Agência e Anatal

%d blogueiros gostam disto: