Notícias:
Brasil quer avançar no 5G neste ano de 2021

BRASÍLIA – Em meio a pandemia do novo coronavírus, que acabou atrasando o leilão da frequência 5G, o Ministério das Comunicações divulgou no final de 2020, um balanço onde destacou os avanços da tecnologia em solo brasileiro.

No último dia 30 de dezembro, o Ministério das Comunicações informou que outras questões também foram consideradas como o uso do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações – Fust, como por exemplo o avanço da TV digital no Brasil.

Na conectividade de quinta geração, o destaque foi para a publicação das regras do leilão.

Afinal, são elas que vão garantir a cobertura da rede em cidades, vilas, áreas rurais e urbanas isoladas com população superior a 600 habitantes, além de rodovias federais.

Municípios que não são atendidos por uma infraestrutura eficiente de conexão serão atendidos por fibra óptica, como informou o Ministério das Comunicação.

Em destaque, a previsão é que o ano de 2021 seja a maior revolução de telecomunicações da década.

Pois a conclusão do leilão de frequências para o 5G é aguardada para o fim do primeiro semestre do ano.

Após o processo, as operadoras poderão caminhar para dar início a uma nova era de conexão, com alta velocidade.

Com informações do Ministério das Comunicações e Isto é Dinheiro

%d blogueiros gostam disto: